Offshore

Equinor obtém consentimento para usar plataforma Transocean

A principal petrolífera norueguesa Equinor recebeu o consentimento do órgão de segurança offshore, a Autoridade de Segurança do Petróleo (PSA), para perfuração de exploração no Mar de Barents usando a plataforma Transocean Enabler.

O poço 7219 / 9-3 pertence à licença de produção 532, onde a Equinor é a operadora. O poço recebeu o nome de prospeto Mist.

O local da perfuração está no bloco 7219/9 no mar de Barents, a cerca de 22 quilômetros a sudeste do campo de Johan Castberg, em lâmina d’água de 326 metros.

O PSA disse na quinta-feira que a perfuração estava programada para começar em meados de outubro de 2019 e deve durar 39 dias.

De acordo com o corpo de segurança, o poço será perfurado pela plataforma de perfuração Transocean Enabler.

O Transocean Enabler, anteriormente denominado Songa Enabler, é uma plataforma de perfuração semi-submersível do tipo CAT D.

Foi entregue pelo estaleiro Daewoo na Coréia do Sul em 2016, registrado na Noruega e classificado pela DNV-GL. A sonda foi emitida com um reconhecimento de conformidade (AoC) pelo PSA em junho de 2019.

Voltar ao Topo