Offshore

Equinor vai pagar US $ 379 milhões pela participação na licença do Brasil

A Equinor concordou em comprar a participação de 10% da Barra na licença BM-S-8 na bacia de Santos, no Brasil, por US $ 379 milhões.

A gigante de energia norueguesa disse que a transação ajudaria a alinhar totalmente os interesses das duas licenças para a área de Carcará.

No início de junho, a Equinor, a ExxonMobil e a Galp concluíram transações no BM-S-8 para começar a alinhar as participações acionárias com aquelas que os três sócios detêm no bloco adjacente de Carcará Norte.

O BM-S-8 e o norte de Carcará, juntos, compõem a área de Carcará, que contém aproximadamente 2 bilhões de barris recuperáveis ​​de óleo equivalente.

A Equinor é a operadora dos dois blocos e visa desenvolver o campo unitizado com a ambição de entregar o primeiro óleo entre 2023 e 2024.

Após o fechamento, a Equinor pretende vender 3,5% para a ExxonMobil e 3% para a Galp, alinhando totalmente os interesses entre BM-S-8 e Carcará Norte.

Voltar ao Topo