Notícias

Estrutura da CSN desaba no Porto de Itaguaí, em Sepetiba, e deixa funcionários feridos

Uma estrutura desabou em uma estação da Companhia Siderúrgica Nacional, no Porto de Itaguaí, em Sepetiba, na noite desta terça-feira. Três funcionários ficaram feridos.
Por meio de nota, a CSN Mineração Tecar esclareceu que o acidente ocorreu com uma empilhadeira de carvão, no Terminal de Cargas e Granéis, e que suas causas estão sendo apuradas.
A mineradora informou também que os três funcionários feridos foram devidamente atendidos e já estão liberados.
Sobre a CSN:
A CSN Mineração S.A. é a segunda maior exportadora de minério de ferro do Brasil e está entre as cinco mais competitivas no mercado transoceânico.

Com reservas certificadas em mais de 3 bilhões de toneladas de acordo com Joint Ore Reserves Committee (JORC), a empresa detém as minas de Casa de Pedra e do Engenho, o complexo de beneficiamento do Pires, participação na ferrovia MRS e terminal cativo para exportação de minério de ferro no Porto de Itaguaí (TECAR).

A operação integrada e os seus ativos de alto valor permitem que a CSN Mineração seja uma das empresas mais eficientes no setor, com um posicionamento de destaque em custo e qualidade.

Consolidada em 2015 a partir da fusão dos ativos de mineração da CSN e Namisa, essa companhia está dividida entre a CSN (87,52%) e consórcio composto por grandes siderúrgicas asiáticas (12,48%).

A Política de Sustentabilidade da CSN Mineração estabelece um conjunto de práticas alinhadas à Políticas Corporativas de Saúde, Segurança do Trabalho e Meio Ambiente.

Voltar ao Topo