Óleo e Gás

Exxon vai desenvolver maior projeto de todos os tempos em Moçambique

Exxon assinou contrato para o maior projeto privado no continente africano.

Exxon Mobil concedeu a um grupo liderado pela JGC Corp um contrato para desenvolver seu projeto de gás natural liquefeito de Moçambique (GNL), que deve ser o maior investimento privado de todos os tempos na África.

A JGC se juntará à Fluor e à TechnipFMC para desenvolver o projeto Rovuma LNG, disse o vice-presidente sênior da Exxon para o GNL Peter Clarke em discurso na terça-feira na capital moçambicana, Maputo. O projeto custará entre US $ 27 bilhões e US $ 33 bilhões, segundo estimativas de março do Standard Bank Group, de Joanesburgo.

Uma decisão final de investimento no projeto Rovuma está prevista para o próximo ano, e a produção provavelmente começará em 2025, disse Clarke.

A produção planejada da Rovuma é de 15,2 milhões de toneladas de GNL por ano, superior a um projeto próximo que a Total SA está desenvolvendo com capacidade de 12,9 milhões de toneladas. Moçambique, um dos países mais pobres do mundo, está olhando para os projetos para elevar sua economia de US $ 15 bilhões

O anúncio da Exxon ocorre antes da nação do sudeste africano realizar uma votação na próxima semana, na qual o presidente Filipe Nyusi está buscando a reeleição. Nyusi, cuja campanha será impulsionada pelo progresso nos investimentos em gás, tem lutado para reprimir uma insurgência que abalou a região rica em gás nos últimos dois anos, ameaçando os projetos.

Voltar ao Topo