Indústria

GM em negociações para investir US $ 2,73 bilhões no Brasil até 2024

A General Motors informou que está negociando “condições de viabilidade” para investir 10 bilhões de reais (US $ 2,73 bilhões) no Brasil entre 2020 e 2024, após ter alertado no mês passado que novos investimentos dependeriam do retorno ao lucro.

A montadora também informou que está concluindo um plano de investimentos de 13 bilhões de reais entre 2014 e 2019.

“Como líderes de mercado, estamos assumindo a responsabilidade de enfrentar os desafios de competitividade que a indústria está experimentando para tornar possível um futuro sustentável para nossos negócios e o retorno adequado aos acionistas”, disse Carlos Zarlenga, diretor executivo da GM Mercosul. , em um comunicado.

“Continuamos a trabalhar com sindicatos, distribuidores, fornecedores e o governo para viabilizar esse novo e adicional investimento de 10 bilhões de reais nas fábricas de São Caetano do Sul e São José dos Campos”, acrescentou.

O jornal Valor Econômico informou na sexta-feira que a General Motors Co estava em negociações para investir 9 bilhões de reais (US $ 2,5 bilhões) no estado de São Paulo nos próximos três anos em troca de incentivos fiscais.

A GM alertou recentemente seus funcionários no Brasil que “sacrifícios” seriam necessários para a empresa retornar ao lucro no país, levantando preocupações com demissões ou linhas de montagem fechadas. No mês passado, a montadora informou a funcionários públicos e sindicatos que estava negociando com o estado de São Paulo sobre incentivos fiscais.

O Valor informou que a GM investiria em sua linha de produtos até 2022 e, no ano seguinte, a empresa passaria a usufruir de reduções fiscais. O Valor, que também informou que as perdas da GM no Brasil no ano passado totalizaram 1 bilhão de reais apesar de ser o líder de mercado do país, não especificou a quantidade exata que a GM esperaria gerar em incentivos fiscais.

 

Voltar ao Topo