Mineração

Goldman alerta que o salto do minério de ferro para US $ 70 ‘não é sustentável’

A recuperação do minério de ferro no mês passado, com material de referência voltando aos US $ 70, está em risco, já que bancos como o Goldman Sachs Group e o Morgan Stanley alertam que os preços estão prestes a recuar.

Embora os fundamentos da indústria tenham melhorado, os preços atuais não vão durar, já que mais oferta está a caminho, disseram analistas do Goldman, incluindo Hui Shan , em nota recebida na quarta-feira. O banco espera uma queda para US $ 60 em seis meses.

Depois de um sell-off em novembro, impulsionado pela queda nas margens das usinas, o minério de ferro voltou a subir, com os preços spot de referência subindo 11% em dezembro, o maior ganho mensal em mais de um ano. A matéria-prima manteve esse avanço, mesmo com os sinais de desaceleração do crescimento acumulado na China, o principal usuário.

“O preço de US $ 75 por tonelada de minério de ferro não é sustentável por dois motivos”, disseram analistas do Goldman. “Primeiro, parte do rali foi abastecida por usinas reabastecidas antes do Ano Novo Chinês. Em segundo lugar, o fornecimento deve aumentar em 2019. ”

O minério à vista com teor de 62 por cento de ferro atingiu US $ 74,70 a tonelada na segunda-feira, o maior desde 19 de novembro, de acordo com a Mysteel.com. A matéria-prima encerrou o quinto ganho semanal na sexta-feira, a melhor desde agosto, e ficou em US $ 74,20 na quarta-feira.

O Morgan Stanley também vê perdas. Depois dos ganhos, “somos os ursos de minério de ferro daqui, porém, esperamos que a queda na produção de aço bruto e o crescente fornecimento marítimo acabem trazendo os preços de volta aos US $ 60 a tonelada”, disse o 7 de janeiro.

Este ano, espera-se que mais oferta venha da Vale SA do Brasil, à medida que continua a aumentar sua vasta mina S11D. A Anglo American também está reiniciando sua mina de Minas-Rio, que estava off-line no ano passado, depois de vazamentos no oleoduto.

Um recuo no minério de ferro prejudicaria os ganhos das principais mineradoras, incluindo o Grupo BHP, o Grupo Rio Tinto, o Grupo Fortescue Metals e a Vale. Ainda assim, a indústria ainda é altamente lucrativa devido aos baixos custos, de acordo com o Macquarie Wealth Management.

Voltar ao Topo