Energia

Iberdrola inaugura 350MW da Usina Hidrelétrica de Baixo Iguaçu

Iberdrola investiu quase 440 milhões na usina hidrelétrica Baixo Iguaçu, de 350MW, que gerará eletricidade suficiente para ser fornecida a um milhão de brasileiros.

Gigante da energia espanhola Iberdrola, através de sua subsidiária brasileira Neoenergia, inaugurou a usina hidrelétrica de 350MW Baixo Iguaçu no país.

Iberdrola afirma ter investido mais de 500m (440m) na usina de Baixo Iguaçu, que controlará o fluxo de água da usina Cataratas do Iguaçu. Essa usina fornecerá energia suficiente para abastecer quase um milhão de brasileiros e equivale a quase 8% da demanda anual de eletricidade no Estado do Paraná, onde o projeto está localizado.

Segundo a empresa, essa usina hidrelétrica foi construída com altos padrões de qualidade e afirma que o impacto dos projetos no meio ambiente tem sido minimizado o máximo possível.

O canal de água não foi modificado, dado que dos 31km do reservatório das usinas, mais de 20km pertencem ao próprio rio. As três turbinas Kaplan também são consideradas muito eficientes e também o projeto tem uma área de inundação, que é menor em comparação com outras usinas hidrelétricas com tamanho similar.

Iberdrola presidente Ignacio Galan disse: Estamos orgulhosos de contribuir para o desenvolvimento econômico e social do país.

Nos próximos cinco anos, vamos investir cerca de 6,5 bilhões em novos projetos em Brasil continuar melhorando o fornecimento de eletricidade do país e, assim, sua competitividade.

Esta facilidade é benéfica para o Cataratas do Iguaçu, pois contribui para manter os fluxos mínimos de água necessários. Além disso, muitas iniciativas foram realizadas nas áreas de saúde, educação, infraestrutura, segurança pública e biodiversidade, a fim de preservar e melhorar o bem-estar da região.

Iberdrola tem uma capacidade de geração de mais de 3.700MW em Brasil

Iberdrola, através Neoenergia, surgiu como uma das duas principais empresas de eletricidade Brasilpelo número de clientes. Negociando em 18 estados, a empresa produz, transporta, distribui e retém eletricidade em uma área de 840.000 km2.

Atualmente, a empresa tem uma capacidade de geração de mais de 3.700MW em Brasil, 86% dos quais estão sendo gerados a partir de parques eólicos em terra para usinas hidrelétricas. A capacidade da empresa deverá atingir quase 5.000MW, se os projetos em construção forem concluídos.

 

Voltar ao Topo