Naval

Incidente ocorre no estaleiro da BAE Systems

Na última quarta-feira ocorreu um incidente no estaleiro da BAE Systems EM Barrow-in-Furness, no noroeste da Inglaterra. O incidente ainda não foi esclarecido pelas autoridades inglesas. Neste estaleiro estão sendo construídos a nova geração de submarinos nucleares do Reino Unido. Durante o ocorrido o local foi esvaziado, mas o órgão regulador de segurança atômica informou que não houve qualquer incidente nuclear. Ambulâncias e policiais estavam no estaleiro da BAE Systems em Barrow-in-Furness, noroeste da Inglaterra. Um representante da empresa disse que, “Fomos informados de um incidente na unidade da BAE Systems, em Barrow. O incidente não está relacionado à segurança nuclear. Estamos estabelecendo contato com a segurança da unidade da BAE Systems e continuaremos monitorando a situação”. Nesta unidade está sendo fabricada a nova geração de quatro submarinos de mísseis balísticos da classe Dreadnought, que substituirão os navios da classe Vanguard que formam a base do arsenal nuclear Trident do Reino Unido. A BAE Systems, a Rolls Royce e a Babcock são os principais parceiros industriais no projeto Dreadnought, com custo de 31 bilhões de libras. A BAE disse que o complexo de docas Devonshire foi fechado por precaução. Os funcionários, terceirizados e moradores locais estão sendo mantidos informados pelas autoridades locais.

Na última quarta-feira ocorreu um incidente no estaleiro da BAE Systems EM Barrow-in-Furness, no noroeste da Inglaterra. O incidente ainda não foi esclarecido pelas autoridades inglesas. Neste estaleiro estão sendo construídos a nova geração de submarinos nucleares  do Reino Unido.

Durante o ocorrido o local foi esvaziado, mas o órgão regulador de segurança atômica informou que não houve qualquer incidente nuclear. Ambulâncias e policiais estavam no estaleiro da BAE Systems em Barrow-in-Furness, noroeste da Inglaterra. Um representante da empresa disse que, “Fomos informados de um incidente na unidade da BAE Systems, em Barrow. O incidente não está relacionado à segurança nuclear. Estamos estabelecendo contato com a segurança da unidade da BAE Systems e continuaremos monitorando a situação”.

Nesta unidade está sendo fabricada a nova geração de quatro submarinos de mísseis balísticos da classe Dreadnought, que substituirão os navios da classe Vanguard que formam a base do arsenal nuclear Trident do Reino Unido. A BAE Systems, a Rolls Royce e a Babcock são os principais parceiros industriais no projeto Dreadnought, com custo de 31 bilhões de libras. A BAE disse que o complexo de docas Devonshire foi fechado por precaução. Os funcionários, terceirizados e moradores locais estão sendo mantidos informados pelas autoridades locais.

Voltar ao Topo