Empregos

Klabin inaugura a Unidade de Logística de Papel e Celulose em Paranaguá

Em junho do ano passado, a Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, realizou a audiência pública de apresentação do Estudo de Impacto de Vizinhança da companhia, referente à implantação da Unidade Logística de Papel e Celulose. 

Hoje está sendo inaugurado o armazém que faz parte da logística do Projeto Puma, nova fábrica de celulose da Klabin construída em Ortigueira e que entrou em operação no início desse ano. Até o ano passado, a Klabin já possuía uma operação logística terceirizada em Paranaguá, mas o novo espaço permitirá que a empresa possa escoar volumes maiores de sua produção. O armazém terá capacidade de movimentar 1,5 milhão de toneladas de celulose por ano, mas a previsão é que sejam movimentadas 75 mil toneladas por mês, somando 900 mil toneladas por ano.

O armazém está localizado a apenas cinco quilômetros do Porto de Paranaguá. Este local foi escolhido pela facilidade nas movimentações de cargas e pelo baixo impacto gerado para a população local e ao meio ambiente e atualmente já é um espaço destinado, segundo a lei do Plano Diretor, para operações similares. O empreendimento irá manter a dinâmica e a capacidade da atual ferrovia, havendo interferência mínima nos ramais ferroviários existentes que se encontram dentro do perímetro urbano.  A celulose produzida em Ortigueira chegará em Paranaguá via ferrovia. Depois, da nova Unidade Logística até o Porto, o produto percorrerá mais 5 quilômetros via caminhões.

 Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, é líder na produção de papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 14 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina.

 

Voltar ao Topo