Mineração

Mineração Lundin adquire mina brasileira da Yamana por US $ 1 bilhão

A canadense Lundin Mining (TSN: LUN) concordou em adquirir uma operação de cobre-ouro no Brasil da outra mineradora Yamana Gold (NYSE: AUY), em um negócio de US $ 1 bilhão, para reforçar seus metais básicos.

A mina de Chapada, no estado de Goiás, iniciou a produção em 2007 e deve produzir cerca de 54.500 toneladas de cobre e 100.000 onças de ouro este ano.

A mina de cobre e ouro de Chapada, no estado de Goiás, iniciou a produção em 2007.

Lundin disse que o acordo imediatamente acrescentaria aos seus lucros e fluxo de caixa operacional por ação, enquanto aumentaria sua produção anual de cobre em mais de 25%.

A Yamana receberá US $ 800 milhões em dinheiro quando a venda for fechada e pagamentos contingentes no valor de US $ 225 milhões, disseram as empresas.

“Enquanto Chapada tem sido uma mais valia para a Yamana, a operação de venda proporciona um ganho significativo, oferece um alto retorno depois de impostos e financeiramente reposiciona a empresa com uma melhoria significativa e imediata a flexibilidade financeira global”, chefe-executivo da Yamana Peter Marrone disse em uma declaração .

Lundin disse que financiaria a aquisição de seu atual saldo de caixa e parte de sua linha de crédito rotativo de US $ 550 milhões.

O governo do novo presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, disse no mês passado que iria rever em breve as regulamentações de mineração do país, incluindo a abertura de reservas indígenas para a mineração.

Na semana passada, a empresa também disse que seria necessário abrir uma vasta reserva na floresta amazônica para as indústrias extrativas.

Voltar ao Topo