Mineração

Minerworld enfrenta tempos difíceis após investigação e falta de recursos

A mineradora Minerworld afirmou que não tem o bitcoin necessário para pagar os usuários que investiram após um anúncio em setembro afirmando que a empresa estaria pagando os investidores de volta. Devido a recente ordem judicial que exigiu Minerworld para usar seus fundos restantes para compensar os investidores. Minerworld no entanto, admite que não tem nenhum saldo para pagar os investidores.

De acordo com fontes de notícias, os fundos remanescentes da Minerworld foram gastos para “manter seu funcionamento mínimo, demissão de funcionários e rescisões contratuais com prestadores de serviços”.

Relatórios sugerem que mais de 50.000 investidores foram afetados. O sistema de justiça do Brasil está processando a Minerworld por operar como um esquema ponzi. A empresa refuta isso afirmando que eles operam seus negócios como uma prática de marketing multi-nível (MLM), oferecendo aos investidores retornos de 100%, carros de luxo e feriados.

No entanto, as bandeiras vermelhas para esta empresa estão em toda parte. Autoridades no Paraguai também acusaram a empresa de ser uma farsa e operar como uma “empresa de fachada”

Voltar ao Topo