Offshore

Navio Skandi da DOF vai ficar na Petrobras

A DOF informou na segunda-feira que a Petrobras concedeu uma extensão para o navio de apoio à construção Skandi Hav (CSV).

O Skandi Hav foi concedido uma extensão de 226 dias pela Petrobras e o navio permaneceria com a empresa brasileira até 8 de junho de 2019.

A embarcação trabalha para a Petrobras desde 2009, quando foi reconstruída para uma embarcação de manuseio da FSO.

O contrato inicial foi um acordo de cinco anos que foi prorrogado em outubro de 2014 por mais quatro anos.

A Skandi Hav, construída em 1983, está atualmente trabalhando como uma embarcação da RSV apoiando as operações da FPSO no Brasil. O navio tem 87,9 metros de comprimento, 18,5 metros de largura, peso morto de 3.034 toneladas e pode acomodar 40 pessoas.

Voltar ao Topo