Blog

Os 3 principais tipos de trabalhos em um rebocador

A indústria marítima é bastante vasta, o que cria muitas oportunidades de emprego. Trabalhos convencionais e não convencionais estão disponíveis, permitindo que uma pessoa escolha o trabalho mais adequado conforme suas necessidades.

Os trabalhos de rebocadores são uma das muitas áreas de trabalho diferentes da indústria marítima em que as pessoas podem encontrar emprego. Os rebocadores são aqueles que ajudam os navios e outras embarcações a se mover em áreas restritas, como canais e portos. Os navios que precisam de reboque incluem barcaças, plataformas de petróleo offshore e navios que foram quebrados e precisam de reparos.

Como todos os outros trabalhos marítimos, mesmo os trabalhos de rebocadores têm classificação específica e seguem uma certa hierarquia. Alguns dos vários tipos de trabalhos de rebocadores podem ser listados abaixo:

Capitão: O capitão do rebocador é como o capitão de qualquer outro navio. Ele precisa ter habilidades de liderança e precisa ser um membro da equipe para garantir o bom funcionamento das operações do rebocador. Outros requisitos de trabalho incluem experiência de trabalhar em um rebocador na posição de companheiro, excelentes habilidades tecnológicas em relação à operação dos radares, velocidade do rebocador, etc. e atuar como recrutadores para novos funcionários do rebocador. 

Em termos de educação, o capitão do rebocador precisa ter a certificação exigida, que é classificada com base na tonelagem do rebocador. Além disso, certas empresas envolvidas em operações de rebocadores exigem que os candidatos tenham experiência em trabalhar em áreas específicas da água. O capitão do rebocador também precisa ter uma certificação STCW 95 para poder se candidatar ao cargo.

Companheiro: A segunda posição mais importante no rebocador é a do companheiro. O companheiro deve trabalhar em estreita coordenação com o capitão e, sob sua orientação, garantir que o rebocador realize sua operação sem problemas. O companheiro é responsável pelas funcionalidades gerais de navegação e reboque. O cônjuge precisa ter experiência prévia; um certificado de controle e combate a incêndio e precisa ter excelentes habilidades em falar inglês.

No que diz respeito às qualificações educacionais, o companheiro do rebocador precisa ter certificação de acordo com a tonelagem do rebocador. Isso inclui um reboque de 100 toneladas, 200 toneladas, 500 toneladas e 1600 toneladas. Além disso, o parceiro precisa ter uma certificação STCW 95.

Engenheiro: Como acontece com qualquer objeto que envolva maquinaria e combustível complexos, o rebocador também requer a assistência de engenheiros. Como o papel do rebocador é garantir a passagem segura de navios de natureza volumosa e enorme, os rebocadores devem ser mantidos em condições excelentes o tempo todo.

 O papel do engenheiro em um rebocador é garantir que os motores – principal e suplementar – estejam funcionando corretamente. Além dos motores, é necessário que o engenheiro garanta que todos os outros equipamentos e engenhocas do rebocador estejam em perfeitas condições e não causem qualquer falha na operação quando colocados em uso. Os engenheiros precisam ter um diploma de engenharia marítima junto com uma certificação STCW 95.

Outras perspectivas de emprego marítimo do rebocador incluem a de um marinheiro capaz de realizar todas as atividades domésticas no rebocador, o mordomo e o cozinheiro. Além desses, existem vários outros trabalhos marítimos na área terrestre, como o do engenheiro do porto encarregado da manutenção terrestre do rebocador.

Voltar ao Topo