Empregos

PageGroup aponta profissões mais buscadas em 2020 no segmento de Óleo & Gás

O PageGroup, referência mundial em recrutamento especializado de executivos de todos os níveis hierárquicos, anuncia a relação de cargos que estarão em alta no Brasil em 2020. A lista, produzida pelos consultores de carreira da Page Executive, Michael Page, Page Personnel e Page PCD, revela as profissões com maior possibilidade de demanda a partir de análises de mercado e tendências de contratações das empresas para o próximo ano. Os cargos considerados nessa lista contemplam o alto escalão, média e alta gerência e níveis técnico e de suporte à gestão.

“Em 2020 a chave deve virar. Nos anos anteriores havia uma forte demanda por profissionais que pudessem desempenhar funções de ajuste e foco em redução de custo. Neste momento a procura será diferente, pautada na contratação de executivos com mentalidade de crescimento e atenção total aos clientes, na experiência do consumidor. A leve reação econômica nos mostra que as empresas devem voltar a contratar profissionais que até pouco tempo não estavam no radar delas, como aconteceu com o segmento de Óleo e Gás”, analisa Ricardo Basaglia, diretor geral da Michael Page e Page Personnel.

Para chegar a essa lista, o PageGroup consulta permanentemente empresas de todos os portes (pequena, média e grande) em 14 setores de todo o Brasil. A partir dessa conversa e do entendimento das reais necessidades de contratação, os consultores consolidam essas informações e produzem a relação final dos cargos com maior possibilidade de demanda das empresas.

Confira a lista:

Michael Page

Óleo e Gás

Cargo: geofísico

O que faz:  o escopo da posição consiste em realizar estudos e avaliações regionais, mapeando os principais elementos do sistema petrolífero, integrando dados geológicos e geofísicos para criar mapas regionais.

Perfil da vaga: profissionais com experiência consolidada em análises e estudos de campo e que possuam maturidade e conhecimento aprofundado nas bacias brasileiras. Inglês fluente e mestrado são mandatórios.

Salário: R$ 12 mil a R$ 27 mil

Motivo para alta em 2020: aumento dos leilões de blocos promovidos pela Petrobrás demandam profissionais atuantes no início da cadeia petrolífera, voltados a estudo dos campos para entendimento dos sistemas deposicionais e de carbonatos das bacias.

Cargo: engenheiro de reservatório

O que faz: responsável por desenvolver modelos de reservatórios, conduzir modelos integrados, gerenciar estimativas de recursos, executar planos conceituais de desenvolvimento para projetos de exploração. Essa posição exige que o engenheiro interaja constantemente com profissionais de geologia, geofísica, petrofísica e entenda de conceitos de simulação, perfuração, produção e instalações offshore/onshore.

Perfil da vaga: inglês fluente é mandatório e mestrado na área é desejável. Para esse perfil é necessário conhecimento e experiência específica em práticas de gerenciamento de reservatórios, além de boa capacidade de atuar em ambientes multiculturais e multidisciplinares.

Salário: R$ 12 mil a R$ 40 mil

Motivo para alta em 2020: aumento dos leilões de blocos promovidos pela Petrobrás demandam profissionais atuantes no início da cadeia petrolífera. O engenheiro de reservatório é o profissional responsável por gerenciar as estimativas de recursos promovidas pelos geólogos/geofísicos de exploração e desenvolvimento.

Cargo: geólogo de exploração

O que faz: profissional com foco no entendimento dos sistemas deposicionais e de carbonatos em bacias. Algumas atividades envolvidas no dia-a-dia do geólogo de exploração consistem em realizar modelos terrestres integrados por meio da interpretação de dados sísmicos 2D / 3D, juntamente com registros de poços afim de criar métodos de potencial de campo e dados de produção.

Perfil da vaga: profissionais com experiência consolidada em exploração, de preferência com mestrado em Geologia/Geofísica, com inglês fluente e que possuam maturidade e conhecimento aprofundado nas bacias brasileiras.

Salário: R$ 14 mil a R$ 42 mil

Motivo para alta em 2020: aumento dos leilões de blocos promovidos pela Petrobrás demandam profissionais atuantes no início da cadeia petrolífera, voltados a estudo dos campos.

Cargo: gerente de desenvolvimento de negócios

O que faz: responsável por desenvolver relacionamentos comerciais com os principais players do setor de Oil&Gas. Sua principal meta é gerar vendas de produtos e/ou serviços no setor do petróleo ou navegação.

Perfil da vaga: busca-se um profissional com sólidos relacionamentos no setor. É preciso conhecer e ter grande relacionamento com os principais tomadores de decisão, seja na área técnica ou de compras/suprimentos.

Salário: R$ 22 mil a R$ 26 mil

Motivo para alta: a boa perspectiva para o mercado em 2020 gera uma forte necessidade de se antecipar o movimento de vendas de produtos e serviços para as empresas do setor.

Sobre o PageGroup

Fundado na Inglaterra em 1976, o PageGroup é um conglomerado formado por algumas das consultorias de recrutamento especializado mais respeitadas no Brasil e no mundo. Listado na bolsa de valores de Londres, está presente em 36 países.

Em sua gama de soluções para recursos humanos, oferece recrutamento de conselheiros e líderes executivos, alta e média gerência, e posições técnicas e de suporte à gestão. Além disso, conta com soluções para profissionais com deficiência, temporários e terceiros, bem como a execução de programas de talentos, RPO e recrutamento de alto volume.

Atualmente, os quase 8 mil colaboradores do grupo atuam em diferentes culturas e mercados, o que contribui para o conhecimento em 3 esferas: global, regional e local. No Brasil desde 2000, os consultores espalhados pelo país já realocaram mais de 52 mil profissionais.

Voltar ao Topo