Petróleo

Petrobras atinge recorde histórico de lucro em 2019

A empresa estatal brasileira de petróleo Petrobras não atendeu às expectativas do quarto trimestre, mas registrou um lucro recorde para 2019, pois a atual estratégia da empresa de se concentrar na produção em águas profundas e sair de atividades não essenciais mostra bons resultados.

Em uma declaração de títulos na quarta-feira, a Petroleo Brasileiro SA PETR4.SA, como a empresa é formalmente conhecida, disse que o lucro de todo o ano de 2019 chegou a 40,1 bilhões de reais (US $ 9,19 bilhões), o número mais alto de todos os tempos.

No entanto, a Petrobras teve um desempenho inferior às expectativas dos analistas no quarto trimestre.

A empresa registrou um lucro líquido trimestral de 8,15 bilhões de reais, significativamente abaixo das expectativas de alguns analistas, uma vez que a empresa foi prejudicada por prejuízos e um aumento nos custos administrativos. Analistas do banco de investimentos brasileiro BTG Pactual estimaram que a empresa reportaria um lucro líquido de 9,09 bilhões de reais.

O lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) foi de R $ 36,5 bilhões no trimestre, o que também estava no nível mais baixo das estimativas dos analistas.

A empresa registrou prejuízos de 6,59 bilhões de reais devido a revisões nas previsões de preço do petróleo Brent LCOc1, além de uma redução de 2,2 bilhões de reais em sua refinaria RNEST devido a atrasos na construção.

As despesas gerais e administrativas também aumentaram significativamente devido ao que a empresa chamou de “reclassificação interna de custos”.

Ainda assim, os investidores demonstraram disposição em perdoar cobranças pontuais, já que o atual governo da Petrobras continua a oferecer margens relativamente saudáveis ​​e a investir em campos petrolíferos offshore promissores.

Um ponto positivo foi o aumento da receita da companhia de petróleo para 37,1 bilhões de reais, ante 30 bilhões de reais no trimestre anterior. A empresa disse que os preços mais altos do Brent aumentaram a receita.

A empresa disse que suas exportações de combustíveis estão aumentando, graças ao seu baixo teor de enxofre e aos novos regulamentos internacionais que exigem menos poluição.

Voltar ao Topo