Petróleo

Petrobras conclui venda de campo de Maromba para BW Offshore

Petrobras conclui venda de campo de Maromba para BW Offshore

Após conclusão da Petrobras em venda da totalidade da sua participação (70%) no campo de Maromba, localizado em águas rasas na Bacia de Campos, para a empresa BW Offshore Production do Brasil Ltda. Recentemente, a norueguesa já havia fechado a compra dos outros 30% da área que estavam sob controle da Chevron. Agora, companhia será a única operadora no campo.

O valor da transação entre a Petrobras e a BW Offshore ficou acertado em US$ 90 milhões. Na negociação, as empresas acordaram que o pagamento será realizado em primeira parcela de US$ 20 milhões para a estatal brasileira, após o cumprimento de todas as condições precedentes e ajustes previstos no contrato.

O restante do valor, de US$ 70 milhões, será pago em duas vezes. A primeira, de US$ 20 milhões em até 15 dias úteis após o início das atividades de perfuração de poços para o desenvolvimento do campo, e US$ 50 milhões em até três meses após o primeiro óleo ou três anos após o início das atividades de perfuração nas áreas, o que ocorrer primeiro, segundo comunicado divulgado pela Petrobras.

A BW Offshore Limited é proprietária e operadora global de embarcações flutuantes de armazenamento e descarga de produção (FPSO). A empresa está listada na Bolsa de Valores de Oslo . A empresa tem sede em Cingapura e Oslo , Noruega, mas opera internacionalmente. O maior proprietário é o BW Group Limited, com 49,3% das ações.

A empresa opera navios no Brasil , México , Estados Unidos , Reino Unido , Rússia , Mauritânia , Costa do Marfim , Nigéria , Gabão , Nova Zelândia e Indonésia, com um total de 14 FPSOs e 1 FSO.

campo de Maromba está incluído no bloco BC-20, que foi outorgado para a Petrobras na Rodada Zero. Ele está localizado em águas rasas ao sul da Bacia de Campos, próximo aos campos de Peregrino e Papa-Terra que, atualmente, se encontram em produção.

 

Voltar ao Topo