Biocombustíveis

Petrobras cumpre novas regras de enxofre para combustíveis

A empresa petrolífera estatal brasileira Petroleo Brasileiro SA disse que cumprirá as regras globais para reduzir o teor de enxofre em todos os seus embarques de combustíveis a partir de terça-feira, bem antes do prazo de 2020.

A Petrobras, como é conhecida a empresa, disse em comunicado que seu combustível de bancas teria um teor máximo de enxofre de 0,5% a partir de terça-feira.

A Organização Marítima Internacional reduzirá o teor de enxofre permitido no combustível de bancas, usado pelos navios, de 3,5% para 0,5% a partir de 2020.

A Petrobras começou a ajustar suas refinarias em abril para cumprir a regra e já produziu 1,2 milhão de metros cúbicos de combustível de bancas com conteúdo de enxofre abaixo do novo limite, informou a empresa.

A empresa não fez uma previsão de sua capacidade anual de produção de combustível, mas disse que atenderia à demanda doméstica brasileira e exportaria qualquer excedente.

“A redução dos níveis de enxofre no bunker (combustível) oferece à Petrobras a oportunidade de aumentar lucrativamente sua participação no mercado global”, afirmou a Petrobras em comunicado.

Voltar ao Topo