Biocombustíveis

Petrobras eleva preço da gasolina e mantém inalterado o do diesel

A Petrobras anunciou nesta sexta-feira aumento de R$ 0,044 no litro do gasolina e manteve inalterado o litro do diesel nas refinarias e pontos de entrega da empresa no país.

No caso da gasolina, nos mesmos pontos de entrega, a Petrobras elevou o combustível em 2,51% na refinaria de Paulínia, onde o litro subiu de R$ 1,787 para R$ 1,832 na modalidade Ex-Ponto “A”. Na mesma modalidade, houve elevação de 2,63% em São Francisco do Conde (BA), onde o litro passou de R$ 1,711 para R$ 1,756. Já em Araucária (PR) houve avanço de 2,55%, de R$ 1,724 para R$ 1,768, no preço do litro.

O último reajuste efetuado pela empresa ocorreu no dia 19 de setembro. Na ocasião, a Petrobras confirmou, por meio de assessoria de imprensa, que elevaria os preços da gasolina e do diesel em suas refinarias. A elevação seria de 3,5% na gasolina e de 4,2% no diesel. A empresa foi procurada para confirmar informação, na época, após veiculação do jornal “O Globo” de que a estatal aumentaria os preços dos combustíveis. A fonte do jornal, na ocasião, teria sido a corretora FC Stone, que foi avisada pela empresa dos percentuais de ajustes.

No entanto, em seu portal na internet, a Petrobras informa apenas o preço atualizado para o dia, após o ajuste. A Petrobras deixou de informar o reajuste médio dos combustíveis no início desde mês, quando se adequou a uma determinação da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) que pretende maior transparência na formação de preços dos derivados. De acordo com a regra, a empresa deve informar o preço de venda em cada um dos seus pontos de distribuição espalhados no país.

O levantamento toma como base os preços praticados nos três pontos de suprimento que movimentam os maiores volumes de diesel e gasolina produzidos pela Petrobras, nas refinarias Replan (Paulínia/SP), Rlam (São Francisco do Conde/BA) e Repar (Araucária/PR). O modelo de contrato de referência é o Ex-Ponto “A” (EXA), relativo à cobrança pela entrega do derivado por duto.

Voltar ao Topo