Petróleo

Petrobras pode receber cerca de US $ 7,9 bilhões de revisão de contrato

A petrolífera brasileira Petróleo Brasileiro SA pode receber cerca de 30 bilhões de reais (US $ 7,9 bilhões) do governo em uma renegociação do contrato de “transferência de direitos”, disse uma pessoa após o processo à Reuters na quarta-feira.

O dinheiro para pagar a estatal Petrobras, como a empresa é conhecida, viria de um possível leilão do excesso de petróleo da área de “transferência de direitos” na costa brasileira, segundo a fonte, parte da equipe que trabalha na transição. para um novo governo no Brasil. A pessoa, que pediu anonimato, disse que tal leilão poderia elevar de 120 bilhões a 130 bilhões de reais no próximo ano, caso a legislação necessária liberte o Congresso.

Os recibos de depósitos americanos para ações da Petrobras aumentaram os ganhos com as notícias, subindo 2,5% em Nova York.

O Senado do Brasil acelerou um projeto de lei que abriria o caminho para o leilão e possivelmente para o pagamento à Petrobras.

Uma disputa sobre o petróleo em questão data de 2010, quando o governo brasileiro concedeu à Petrobras o direito de extrair 5 bilhões de barris de petróleo e gás na Bacia de Santos. O governo recebeu ações adicionais da Petrobras em troca, com base nos preços do petróleo na época.

Mas estima-se que o volume de petróleo seja muito maior, e o governo sem dinheiro quer vender os direitos para extrair o óleo extra na área. As reservas selecionadas não podem ser leiloadas até que o governo e a Petrobras resolvam uma disputa sobre a transação de 2010.

Entre outras coisas, o contrato estipulava que os custos seriam revistos depois que a área fosse declarada comercialmente viável em 2014, o que levou a anos de disputa à medida que os preços do petróleo flutuavam.

O projeto do Senado também inclui uma provisão que permite à Petrobras ceder até 70% de participação na área a outras empresas de petróleo.

Voltar ao Topo