Biocombustíveis

Petrobras visa vender para baratear combustíveis

Petrobras visa vender para baratear combustíveis

A partir do mês de junho a Petrobras resolveu em reunião vender 30% de todas as suas refinarias. Atualmente a Petrobras conta com 13 unidades de refino, todas com capacidade de processamento em 2,2 milhões de barris diários de petróleo. De acordo com Roberto Castello Branco, atual presidente da empresa, a ação busca estimular a concorrência no setor com a redução da participação da empresa, bem como promover um choque de energia barata – estratégia anunciada pelo ministro da Economia Paulo Guedes.

O presidente da estatal busca colocar em prática a venda dos ativos da empresa, fazendo assim com que as atividades no processo de produção e exploração de petróleo estejam concentradas, principalmente, na área do pré-sal. Mas, há uma preocupação da empresa com a estrutura do processo de modo que não fique monopolizado nas mãos de apenas um investidor.

Atualmente a equipe do atual presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, pediu a reversão no reajuste no preço do diesel, a equipe do presidente ainda afirmou que a Petrobras tem liberdade para definir quando e quanto será a alta no valor do combustível. Na semana passada, a Petrobrás anunciou reajuste de 5,7% no preço do diesel, mas com medo de “represaria” e nova greve dos caminhoneiros, Bolsonaro pediu suspensão. Para minimizar os danos, Guedes esclareceu que o governo não adotará uma política intervencionista.

O episódio em torno da intercessão do governo no diesel era um dos temores dos investidores para as negociações de desinvestimentos em parte do portfólio da companhia, mas, a posição da equipe econômica e o anúncio de um pacote de medidas para os caminhoneiros, fizeram o mercado responder bem e as ações preferenciais da Petrobras (sem voto) fecharam com alta de 3,05%, na terça-feira, 16 de maio.

Mesmo com a intenção da estatal em vender as refinarias, surge uma dúvida pois elas geram lucros astronómicos a estatal e, como já é sabido, o Brasil é um país “carente” de unidades de refino de petróleo.

Voltar ao Topo