Mineração

Prefeitura de Mangaratiba interdita terminal portuário e multa Vale em R$30 mil

A cidade de Mangaratiba, no estado do Rio de Janeiro, multou a mineradora Vale e fechou seu terminal portuário de minério de ferro na segunda-feira, citando problemas de poluição e a suposta falta de licença de operação.

O departamento de meio ambiente da cidade multou a Vale por 30 milhões de reais e fechou o terminal da Ilha da Guaíba pela segunda vez este ano. Em comunicado, o prefeito Alan Costa disse que a Vale precisa “cumprir as leis ambientais “.

Mangaratiba havia fechado o terminal brevemente em janeiro, após um desastre de mineração em uma instalação da Vale em outro estado que matou centenas de pessoas antes de reabri-lo.

Cerca de 40 milhões de toneladas de minério de ferro passam anualmente pelo terminal da Ilha da Guaíba, segundo a agência reguladora do porto .

Em comunicado, a Vale informou que foi notificada pela prefeitura e que “tem todas as licenças necessárias para operar o terminal portuário “.

A empresa acrescentou que tomaria medidas adequadas para retomar a operação portuária , mas não deu mais detalhes

Voltar ao Topo