Notícias

Primeiro programa de plataforma da Ocyan atinge 123 inscrições

Primeiro programa de plataforma da Ocyan atinge 123 inscrições

O primeiro programa da plataforma de inovação da Ocyan, o Ocyan Waves Challenge, recebeu 123 inscrições de startups de todas as regiões do país. Nesta quarta-feira(15) serão divulgadas as empresas selecionadas para a segunda fase do programa. O Ocyan Waves Challenge lançou oito desafios ao ecossistema de startups para buscar soluções inovadoras para problemas de áreas de apoio ou operacionais.

Dentre os desafios mais procurados estão o de inspeção de equipamentos (25 startups inscritas) e digitalização de documentos de bordo (26), ambos focados em melhorar eficiência nas embarcações, contribuindo para o processo de digitalização da empresa. Isso significa reduzir erros em operação, h/h com processos manuais e a possibilidade de coletar dados para serem analisados de forma inteligente, bem como permitir a tomada de decisão instantânea da liderança, mesmo que o líder não esteja fisicamente no local do problema.

De acordo com o diretor de Produção Offshore da Ocyan e líder do Ocyan Waves,  “O número de inscritos superou nossas expectativas. Como o mercado de óleo e gás se relaciona há menos tempo com o mundo das startups, não imaginávamos tanta procura. Temos inscritos de todas as regiões do país”.O diretor Rodrigo Lemos, ainda disse que ainda em maio  será realizado o Pitch Day para selecionar as empresas que seguirão para a terceira fase do programa.

No caso dos desafios que envolvem atividades ligadas à exploração e produção de petróleo, destacam-se o que trata da melhoria no controle operacional do BOP (Blowout Preventer), importante equipamento das sondas, e o de aprimoramento no controle da produtividade de drill pipesajudando a monitorar o funcionamento desses tubos.

Entre as regiões, o Sudeste teve o maior número de inscritos: foram 77. São Paulo liderou entre os estados com 38 startups; Rio de Janeiro com 24; Minas Gerais, 12 e Espírito Santo, três. A região Sul teve 32 inscritos: Paraná, 14; Santa Catarina, sete e Rio Grande do Sul, 11. Do Nordeste foram oito inscrições no total, sendo, Bahia, três; Alagoas, duas; Ceará, Sergipe e Pernambuco, uma em cada. Já da região Centro-Oeste foram duas: uma do Mato Grosso do Sul e outra do Distrito Federal. No Norte, uma startup do Amazonas apresentou solução para um desafio.

As próximas fases do programa são:

  • 1- Pitch Day(empreendedores apresentarão suas empresas e soluções à Ocyan e serão escolhidos aqueles com maior aderência aos desafios para a fase de imersão);
  • 2- Imersão(quando as startups conhecerão com profundidade os desafios e apresentarão uma proposta de piloto à Ocyan. Dessas, serão escolhidas até oito com as melhores propostas);
  • 3- Piloto(as propostas de piloto aprovadas na Imersão serão colocadas em prática e, posteriormente, avaliadas pela Ocyan. Os aprovados nessa fase final poderão ser contratados como fornecedores da empresa, que é o grande objetivo do programa).
Voltar ao Topo