Óleo e Gás

Prosafe apresenta maior licitação em dois leilões para o fornecimento de embarcações no Brasil

A Prosafe disse na quarta-feira que os leilões online foram concluídos e estão relacionados a uma oportunidade pública de dois lotes, com cada contrato resultante sendo de três anos.

Como a Prosafe foi classificada em primeiro lugar em ambos os lotes, o cliente – que ficou desconhecido – decidirá qual lote os flotels Eurus Safe serão alocados.

Antes que o contrato possa ser formalmente concedido, a empresa deve passar por um processo de avaliação de conformidade.

“Após a conclusão do processo e da adjudicação antecipada do contrato, a Prosafe entregará o Safe Eurus dentro de 150 dias e iniciará as operações criando sinergias com seu navio irmão, a Safe Notos, já em fretamento offshore no Brasil”, acrescentou a empresa.

A Prosafe também disse que a flexibilidade comercial oferecida à empresa por meio de prazos de entrega e financiamento com a Cosco Shipping criou uma vantagem competitiva significativa no processo.

Para lembrar, a empresa resolveu no ano passado  uma questão de longa data com o estaleiro Cosco na China, onde três flotels novos estão esperando para serem entregues – Safe Eurus, Safe Vega e Safe Axis.

Após vários atrasos, o acordo alcançado entre Cosco e Prosafe permite entrega flexível e financiamento de longo prazo para as três sondas.

O acordo não implica custos de lay-up para as plataformas Safe Nova e Safe Vega; um lucro de 50/50 dividido entre a Cosco e a Prosafe após o pagamento à Prosafe de custos de mobilização e estocagem de até US $ 20 milhões por unidade e sujeito à Cosco receber o pagamento de amortização anual mínimo.

O acordo permitirá que a Prosafe leve os novos navios ao mercado de maneira controlada, à medida que as oportunidades se concretizem.

Na época, a Prosafe esperava receber a Safe Eurus em 31 de dezembro de 2019.

Voltar ao Topo