Óleo e Gás

QGEP conclui sistema de produção inicial para a Queiroz Galvão

A McDermott International Inc. concluiu a Fase 1 do Sistema de Produção Antecipada de Atlanta em águas profundas para a empresa brasileira de exploração e produção Queiroz Galvão Exploração e Produção SA (QGEP). O campo de Atlanta fica na bacia de Santos, no Bloco BS-4, em cerca de 5.000 pés de água.

O sistema inclui gerenciamento de projetos, engenharia e instalação de hardware submarino para umbilicais submarinos, risers e linhas de fluxo. O projeto está a 115 milhas a sudeste do Rio de Janeiro.

McDermott’s North Ocean 102 lidou com o escopo da instalação do cabo umbilical enquanto um navio de terceiros, o Skandi Niteroi, lidou com a instalação flexível.

O sistema de produção inicial (EPS) consiste em uma embarcação flutuante de produção, armazenamento e descarga dedicada com uma torre de ancoragem de ponto único que se conecta a três poços (2HP e 3H já perfurados e 4HA a serem perfurados no final de 2018 ou início de 2019).

O sistema é equipado com árvores de natal molhadas horizontais com conexões de linhas de fluxo verticais individuais.

A produção de EPS está estimada em 20.000 b / d com o comissionamento dos dois primeiros poços e espera-se que aumente para 30.000 b / d com o comissionamento do terceiro poço.

Uma fase definitiva de produção, prevista para iniciar em 2021, integrará um FPSO maior com capacidade de processamento de 80.000 b / d e desenvolvimento de até nove poços horizontais adicionais.

A QGEP detém 30% de participação e é a operadora do Bloco BS-4. Outros parceiros de Atlanta incluem a Dommo Energia 40% e a Barra Energia 30%.

Voltar ao Topo