Energia

Quarto colapso da turbina da GE no Brasil em menos de 6 meses

Uma turbina de 1,7 MW, fornecida pela GE, entrou em colapso em uma instalação de energia eólica no Brasil, fazendo com que o último colapso seja o quarto para a fabricante em menos de seis meses.

O colapso, confirmado pela GE, ocorreu no parque eólico de 216MMW Ventos de São Clemente, no estado de Pernambuco, após três incidentes anteriores nos EUA, em fevereiro, maio e julho, com uma importante seguradora especializada em renováveis. levantando preocupações sobre um possível padrão nos colapsos.

A GE diz que os três incidentes não estão relacionados e que já enviou uma equipe de especialistas para o local da Echoenergia, de propriedade do fundo de capital de risco britânico Actis, para determinar a causa do acidente.

Os relatórios indicam que a lâmina se soltou da turbina devido aos fortes ventos que atingiram os 100 km / h, o que causou a perda de estabilidade e queda da turbina. As velocidades do vento na área geralmente variam entre 8 e 12 metros por segundo.

Voltar ao Topo