Obras e Paradas

Refinaria de petróleo de $ 15 bi está no caminho certo

A bilionária nigeriana Aliko Dangote disse que está dentro do cronograma para terminar no próximo ano sua refinaria de 15 bilhões de dólares, que será uma das maiores do mundo, apesar de analistas afirmarem que o cronograma é ambicioso.

“Há muitos desafios, mas estamos nos movendo”, disse Dangote a repórteres em uma conferência em Paris sobre a usina, que está sendo construída perto de Lagos, capital comercial da Nigéria, e projetada para processar 650 mil barris de petróleo por dia. “Ainda estamos visando o próximo ano para o comissionamento”.

O empresário de 61 anos disse que exportará cerca de 35% dos produtos da refinaria, enquanto o restante atenderá o mercado local. Sua Dangote Industries Ltd. disse no ano passado que o plano é produzir cerca de 50 milhões de litros por dia de gasolina e 15 milhões de litros de diesel, embora a produção possa ser alterada de acordo com a demanda. A empresa tem conversado com traders de petróleo, incluindo a Royal Dutch Shell Plc, a Vitol Group e a Trafigura Group Pte, sobre o fornecimento de petróleo bruto e a compra de combustível refinado.

Analistas questionam se a Dangote, avaliada em US $ 10,8 bilhões, de acordo com o Bloomberg Billionaire’s Index, será capaz de concluir um projeto tão grande no prazo e dentro dos custos. Wood Mackenzie, com sede em Edimburgo, não vê a refinaria iniciando a produção até 2022.

O complexo incluirá uma fábrica de fertilizantes de US $ 2,5 bilhões, com capacidade de 3 milhões de toneladas por ano, pronta para este ano, e uma planta petroquímica. Eles serão movidos a gás, que será enviado do delta do rio Níger através de dois dutos submarinos de 550 quilômetros, o que também custará à Dangote cerca de US $ 2,5 bilhões.

“Até o próximo ano, estaremos exportando quase 2 milhões de toneladas métricas de uréia e amônia”, disse Dangote.

Voltar ao Topo