Offshore

Santos concorda em adquirir participação na Colméia de Melbana

A empresa australiana de petróleo Santos exerceu uma opção para adquirir uma participação de 40 na licença Beehive de Melbana, no mar da Austrália. A Total da França, que também tinha uma opção de participação, decidiu não prosseguir com a aquisição.

A Santos tinha a opção de adquirir uma participação de 40%, mas, como a Total abandonou a opção de compra de uma participação, a opção da Santos foi modificada e a empresa australiana pode adquirir uma participação de 80% na licença em troca de financiar 100% do capital. os custos de um poço de exploração na área de Permissão.

Melbana disse na segunda-feira que Santos tinha até 4 de dezembro de 2019 para exercer a opção modificada.

“Se Santos não exercer essa opção modificada, Santos não adquirirá nenhum interesse na Permissão e a participação de Melbana na Permissão permanecerá em 100%”, disse Melbana.

De acordo com Melbana, o prospecto Beehive foi avaliado pelo especialista independente McDaniel & Associates para conter uma melhor estimativa de recurso prospectivo de 388 milhões de barris de óleo equivalente.

É necessária uma avaliação e avaliação futuras da exploração para determinar a existência de uma quantidade significativa de hidrocarbonetos potencialmente móveis.

Presidente da Melbana Energy, Andrew Purcell, disse: “A decisão recentemente anunciada pela Santos de adquirir os ativos da ConocoPhillips no norte da Austrália, consistente com seu objetivo de ser um fornecedor regional líder de GNL, faz com que seja um momento particularmente emocionante para o setor de energia no norte da Austrália. Há um grande interesse da indústria nesses desenvolvimentos e estamos confiantes de que nosso prospecto de colméia tem um papel a desempenhar, dados outros sucessos regionais recentes, sua posição em águas rasas próxima à infraestrutura existente e a confiança crescente no prospecto resultante do projeto. pesquisa sísmica 3D recém-processada adquirida pela Santos e TOTAL.

Voltar ao Topo