Notícias

Sauditas acusam Irã por ataque as suas instalações de petróleo

Sauditas acusam Irã por ataque as suas instalações de petróleo

Nesta quinta-feira (16) o príncipe e vice-ministro de Defesa da Arábia Saudita, Khaled bin Salman , acusou o Irã de planeja ataque as estações de bombeamento de um oleoduto em Riad. As acusações foram feita após ataques terroristas do Iemen contra petroleiros e contra instalações petrolíferas da Saudi Aramco, da Arábia Saudita.

Segundo o principe esses ataques acabam colocando o fornecimento de petróleo do país em risco,“O ataque dos rebeldes houthis contra as estações de bombeamento da Aramco provam que os rebeldes são um simples instrumento utilizado pelo regime do Irã para aplicar sua agenda expansionista na região”.

Algumas autoridades sauditas relataram em suas redes sociais  sobre as sanções econômicas impostas pelos Estados Unidos à quem comprar petróleo do Irã. Os americanos reforçaram a  presença no Golfo Pérsico, depois das ameaças do Irã de bloquear a passagem de petroleiros pelo Estreito de Ormuz, por onde cruzam 70% do petróleo comercializado no mundo.

O Ministro de Relações Exteriores Saudita, Adel al-Jubeir, disse que “Os houthis são uma parte integral das forças da Guarda Revolucionária do Irã e obedecem às suas ordens, como provaram visando instalações no reino.”. Ainda de acordo com Ali Khamenei,“ Não haverá guerra. A nação iraniana escolheu o caminho da resistência. Nós não buscamos uma guerra, e eles também não. Eles sabem que isso não é dos interesses deles.”.

 

Na última quarta-feira (15), os Estados Unidos solicitaram a retirada dos funcionários não essenciais de sua embaixada em Bagdá, no Iraque, devido a preocupações com ameaças iranianas. Os americanos acreditam ainda que milícias apoiadas pelo Irã estejam por trás dos ataques aos petroleiros no Golfo Pérsico.

Voltar ao Topo