Energia

Setor elétrico brasileiro exige US $ 107 bi

O ministro de Minas e Energia do Brasil, Bento Albuquerque, disse no Rio de Janeiro segunda-feira (25 de novembro) que o setor elétrico do país exigirá investimentos que somam US $ 107 bilhões até 2029 em novas usinas de transmissão e geração de energia. Os investimentos são necessários, argumentou ele, já que o crescimento estimado é de 35% para geração e 39% para transmissão.

“Para que isso ocorra, nos esforçamos para atrair investimentos e identificar os custos e benefícios reais das diversas fontes de geração de energia”, afirmou Bento Albuquerque em seminário na Fundação Getúlio Vargas, da FGV.

“A visão estratégica que estamos buscando consiste em investir ainda mais na diversificação de nossa rede de energia, introduzindo ainda mais fontes de energia limpa e renovável com mais racionalidade econômica. Investimentos privados nacionais e estrangeiros são necessários e bem-vindos para impulsionar o setor de energia e a economia brasileira como um todo ”, acrescentou o ministro.

Eletrobras

Sobre a privatização da Eletrobras, empresa de energia elétrica administrada pelo governo do Brasil, o ministro disse que a empresa precisa ser capitalizada “para desempenhar seu papel crucial no campo, tanto na geração quanto na transmissão”.

O governo brasileiro apresentou um projeto de privatização no início deste mês à câmara baixa. “Acreditamos que o modelo pode ser aprimorado com as deliberações do Congresso. O país precisa da Eletrobras, mas não da Eletrobras de hoje, que está destinada ao fim por falta de investimento ”, concluiu.

Voltar ao Topo