Offshore

Shell concede licença para Saipem desenvolver tecnologia submarina de alta complexidade

A Shell concedeu à Saipem uma licença para desenvolver tecnologia para o FlatFish, um veículo autônomo submarino residente projetado para realizar inspeções complexas de ativos submarinos.

Isso deve ser qualificado para aplicação comercial até 2020.

O FlatFish é um projeto brasileiro desenvolvido anteriormente por um período de quatro anos pelo SENAI CIMATEC em parceria com a DFKI, com financiamento do programa de P & D da ANP e da EMBRAPII.

A Saipem planeja adicionar recursos para inspeção de riser, coleta de dados de sensores submarinos, monitoramento sem contato de sistemas de proteção catódica e uma ‘garagem suspensa’ para lançamento / recuperação e recarga / reprogramação submarina do FlatFish de plataformas offshore.

Essas melhorias serão apoiadas pelo SENAI CIMATEC que, junto com a Saipem do Brasil, entraram no acordo de desenvolvimento com a Shell Brasil no mês passado.

Voltar ao Topo