Mineração

Sigma ganha aprovações para planta de lítio no Brasil

A Sigma Lithium Resources (TSXV: SGMA) diz que recebeu simultaneamente licenças ambientais para a construção e instalação de sua planejada planta de lítio – que não terá barragem de rejeitos – no estado de Minas Gerais.

O estado foi atingido pela falha fatal na barragem de rejeitos da Vale em Brumadinho em janeiro e o desastroso colapso da barragem da Samarco na joint venture Vale / BHP em 2015.

“Estamos honrados com a confiança que o governo de Minas Gerais depositou em nosso projeto de mineração verde e beneficiamento limpo de lítio”, disse o CEO da Sigma, Calvyn Gardner.

“É uma das primeiras licenças ambientais duplas de LP / LI a ser concedida em Minas Gerais”.

Ele disse que a usina usaria a tecnologia de empilhamento a seco para gerenciar rejeitos e reciclaria mais de 90% de sua água usada no processamento e beneficiamento do concentrado de lítio da bateria.

“Como resultado, a Sigma não estará construindo uma barragem de rejeitos”, disse ele.

A construção apoiada pela Mitsui sendo considerada em um estudo de viabilidade está prevista para processar 1,5 milhão de toneladas de minério de espodumênio da propriedade da Sota na Grota do Cirilo e produzir 220 mil toneladas de óxido de lítio concentrado por ano “com um dos menores níveis de impurezas no mundo “, disse Sigma.

A Sigma informou no mês passado que recebeu a parcela inicial de US $ 3 milhões como parte de um pré-pagamento de US $ 30 milhões para compra de até 80.000 toneladas por ano de um acordo que está sendo finalizado com a japonesa Mitsui & Co. 

Sigma no ano passado. até 12.000 toneladas de concentrado de lítio-espodumênio anualmente e produziu amostras grosseiras com um teor médio de 6.27% Li2O e um tamanho de 9.3mm.

A empresa está visando a produção comercial em sua nova fábrica em 2020.

Ele triplicou o recurso medido e indicado na Grota do Cirilo em janeiro para 45,7Mt, com 1,38% de Li2O.

As ações da Sigma ficaram inalteradas ontem em C $ 1,77, no meio das 52 semanas, capitalizando a companhia em US $ 121 milhões.

Voltar ao Topo