Empregos

Swaps asiáticos de minério de ferro subem após interrupção ferroviária no sul do Brasil

Os derivados asiáticos de minério de ferro subiram nesta quarta-feira, liderados por maiores preocupações com a interrupção da oferta do Brasil devido ao mau tempo.

Os swaps de minério de ferro 62% Fe de fevereiro listados na Bolsa de Cingapura subiram US $ 1,45 / dmt a partir das 17h30, horário de Cingapura na terça-feira, para US $ 84,90 / dmt a partir das 14h em Cingapura.

Fontes do mercado disseram ter ouvido falar de duas interrupções ferroviárias no sul do Brasil devido a fortes chuvas, o que poderia atrapalhar ainda mais as exportações.

Uma fonte da empresa da Vale, no entanto, não pôde confirmar a notícia.

“A empresa se comunicará por meio de seus canais oficiais – comunicados de imprensa, site e etc., se houver um evento que afeta as operações”, disse a fonte.

Fontes comerciais disseram que ouviram que a Ferrovia Vitoria-Minas, operada pela Vale, ou EFVM, que liga as capitais de Minas Gerais e Tubarão, interrompeu as operações desde 24 de janeiro.

A outra ferrovia em questão, a Malha Regional Sudeste, ou ferrovia MRS, que liga os portos do Rio de Janeiro, Itaguaí e Santos, sofreu interrupções desde 27 de janeiro.

Uma fonte do mercado estimou que 280.000 toneladas de minério de ferro exportadas diariamente poderiam ser afetadas.

Outra fonte esperava mais pressão sobre a oferta do sul do Brasil, já que as fortes chuvas nas últimas semanas já haviam impactado significativamente os volumes de exportação.

Os volumes de minério de ferro de Tubarão estão abaixo de 1 milhão de toneladas por semana desde o início do ano e, se os problemas com a ferrovia forem suficientemente sérios, os volumes de minério de ferro poderão cair para níveis muito piores do que após o acidente da barragem, acrescentou a fonte.

Os dados de exportação vistos pela Platts mostraram que a produção semanal média dos portos do Sistema Sul da Vale em 2019 foi de cerca de 1,9 milhão de toneladas em comparação com as primeiras quatro semanas de 2020, com média de 1,02 milhão de toneladas.

Voltar ao Topo