Offshore

Total contrata equipamento Deepsea Stavanger para operações de perfuração na África do Sul

Odfjell disse na quinta-feira que o contrato foi concedido à 6ª geração de semi-submersíveis Deepsea Stavanger.

O valor do contrato, incluindo a compensação por períodos de mobilização e desmobilização, é estimado entre US $ 145 e US $ 190 milhões mais incentivos.

Segundo a empresa, o programa de perfuração deve durar entre 180 e 280 dias. Espera-se que a mobilização para a África do Sul comece no primeiro trimestre de 2020.

Simen Lieungh, CEO da Odfjell Drilling, disse: “Após a recente campanha de sucesso da Total com a Deepsea Stavanger na África do Sul no poço Brulpadda, que terminou em fevereiro de 2019, estamos muito satisfeitos em continuar a colaboração com a Total para a próxima fase do projeto. no bloco 11B / 12B.

“[…] É de grande benefício para a Odfjell Drilling e Total poder utilizar a mesma unidade de perfuração para os próximos poços a fim de aproveitar a experiência da campanha anterior de perfuração de exploração neste ambiente desafiador operacionalmente difícil. .

Vale lembrar que o poço Brulpadda no Bloco 11B / 12B foi lançado no final de dezembro de 2018. O total encontrou um total de 57 metros de condensado líquido de gás pago em dois reservatórios de alta qualidade do Cretáceo Inferior e descreveu a descoberta como Toque.’

O Bloco 11B / 12B está localizado na Bacia de Outeniqua, a 175 quilômetros da costa sul da África do Sul. O bloco cobre uma área de 19.000 quilômetros quadrados com profundidades de água que variam de 200 a 1.800 metros.

Voltar ao Topo