Empregos

Zâmbia procura no Brasil oportunidades de energia de cana e etanol

Na Zâmbia, o Lusaka Times relata que o embaixador da Zâmbia no Brasil, Dr. Alfreda Kansembe, manteve conversações bilaterais com as empresas brasileiras de açúcar, etanol e energia, em um esforço para encontrar parceiros para ajudar a estabelecer a indústria de biocombustíveis na Zâmbia.

O Dr. Kansembe visitou usinas de energia em Pirajuba e arredores e conversou com empresas como Usina Santo Angelo sobre as perspectivas de negócios para a cana-de-açúcar. O Dr. Kansembe disse que a Zâmbia está tentando reduzir sua dependência da energia hidrelétrica por causa de seu alto custo e, portanto, considera o etanol e a cana-de-açúcar como opções de menor custo para o país.

A Usina planeja visitar a Zâmbia em 2020 para investir nos negócios de energia limpa da Zâmbia. A empresa Usina Santo Angelo produz 3, 300 000 toneladas de cana, 80 000 M3 de etanol e 200 000 mega watts de eletricidade da cana colhida, segundo o Lusaka Times.

Voltar ao Topo